“Médico, cura-te a ti mesmo” (Lucas, 4; 23)”


H1N1 – INFORMAÇÃO – PREVENÇÃO

Posted in Uncategorized por theoliveirashow em agosto 16, 2009

Influenza A,  subtipo H1N1

Também conhecido como A(H1N1), é um subtipo de Influenzavirus A e a causa mais comum da influenza (gripe) em humanos. A letra H refere-se à proteína hemaglutinina e a letra N à proteína neuraminidase. Este subtipo deu origem, por mutação, a várias estirpes, incluindo a da gripe espanhola (atualmente extinta), estirpes moderadas de gripe humana, estirpes endémicas de gripe suína e várias estirpes encontradas em aves.

h1n1

INFLUENZA A (H1N1):

É uma doença respiratória aguda (gripe), causada pelo vírus A (H1N1). Este novo subtipo do vírus da influenza é transmitido de pessoa a pessoa principalmente por meio da tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.

INFLUENZA A (H1N1)

Influenza A (H1N1) é uma doença respiratória causada pelo vírus A. Devido a mutações no vírus e transmissão de pessoa a pessoa, principalmente por meio de tosse, espirro ou de secreções respiratórias de pessoas infectadas, o Ministério da Saúde traz um série de recomendações.

1) Aos viajantes que se destinam às áreas afetadas:
• Usar máscaras cirúrgicas descartáveis durante toda a permanência em áreas afetadas.
Substituir as máscaras sempre que necessário.

• Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com um lenço, preferencialmente descartável.

• Evitar locais com aglomeração de pessoas.

• Evitar o contato direto com pessoas doentes.

• Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.

• Evitar tocar olhos, nariz ou boca.

• Lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar.

• Em caso de adoecimento, procurar assistência médica e informar história de contato com doentes
e roteiro de viagens recentes às áreas afetadas.

• Não usar medicamentos sem orientação médica.

2) Aos viajantes procedentes de áreas afetadas:
Viajantes procedentes, nos últimos 10 dias, de áreas com casos confirmados de influenza A (H1N1)
em humanos e que apresentem febre alta repentina, superior a 38ºC, acompanhada de tosse
e/ou dores de cabeça, musculares e nas articulações, devem:

• Procurar assistência médica na unidade de saúde mais próxima.

• Informar ao profissional de saúde o seu roteiro de viagem.
Para informações adicionais sobre medidas preventivas estabelecidas pelas autoridades de saúde das áreas afetadas, acesse:
h1n1 2

Comparando os sintomas da gripe comum com a gripe suína

MEDICAMENTO:

Tamiflu Genérico

Fosfato de oseltamivir:
O Tamiflu (Oseltamivir) pertence à classe dos inibidores de neuraminidase de drogas, que é usada geralmente para curar influenza, por paralisar o crescimento de vírus de gripe no seu corpo por atacando-o e parando promover multiplica dentro do corpo. É usado em pacientes tendo os sintomas de gripe para dois dias ou menos. O Oseltamivir ajuda reduzir o tempo você tem sintomas de gripe tal como garganta inflamada, congestão nasal, dor de cabeça, dores de músculo, ou coisas como tosse e calafrios.

Usos:
Tamiflu (Oseltamivir) é usado para tratar doença e prevene infecção que foi causada devido a vírus de influenza e também ajuda reduzir o tempo você tem sintomas de gripe tal como garganta inflamada, congestão nasal, dor de cabeça, dores de músculo, ou coisas como tosse e calafrios.

Este medicamento vem como uma tabuleta a ser tomada por boca. Pode ser tomado com ou sem alimento. O Tamiflu pode ser hábito-formar. Não tome uma dose maior, toma-o mais freqüentemente, nem toma durante um período mais longo de tempo que prescrito por seu médico. Chame seu médico se acha que quer tomar medicamento extra ou nota qualquer outras mudanças raras em seu comportamento ou disposição.

Não tome mais medicina que prescrito a menos que recomandado para fazer assim por seu médico ou fornecedor de cuidado de saúde. Não tome qualquer outro no balcao nem medicinas de receita sem conversa com seu médico. Isto inclui qualquer preparações herbáceas ou suplementos dietéticos.

A dosagem:
Segue as direções para usar esta medicina fornecida por seu médico. Tome esta medicina aproximadamente 30 minutos a 1 hora antes das refeições. Tome seu última dose do dia ao menos 4 a 6 horas antes de hora de dormir.

Os Efeitos colaterais Possíveis:
Este medicamento geralmente bem está tolerado e os efeitos colaterais estão normalmente transitórios. Embora, há ainda alguns efeitos colaterais comumente informados que incluem: náusea, vertigem, dor de cabeça, vômito, diarréia, insônia, fadiga, frio e tosse ou qualquer outros sintomas respiratórios.

Imediatamente pare tomando oseltamivir e procura emergência atenção médica se experimentar uma reação alérgica como dificuldade em respiração; fechando da seu garganta; inchando dos seus lábios, língua, ou rosto. Ainda que nota os efeitos que não estão alistados aqui, não hesita contatar seu médico nem farmacêutico.

As precauções:
Informa seu médico e farmacêutico se são alérgico a Tamiflu ou para outros tais medicamentos de antiviral ou qualquer outros medicamentos. Conte seu médico e farmacêutico o que outra receita e medicamentos não prescrição, vitaminas, suplementos nutricionais, e produtos herbáceos que você tomando.

Também não esqueça-se de contar seu médico sobre qualquer do seguir: se está grávida, planejando, tornar-se amamentar grávida. Também NÃO é aconselhável para crianças sob 18 anos.

As Interações de droga:
Evita Tamiflu se for alérgico a qualquer dos ingredientes apresenta nesta medicina. Nenhuma outra droga foi informada reagir significativamente com o Tamiflu. Converse a seu médico e farmacêutico antes de tomar qualquer outra receita ou medicinas vendido no balcao com oseltamivir.

Mais dosagem:
Procura ajuda médica imediata em caso de overdose. Os sintomas de overdose podem incluir confusão, vômito, tamanho diminuído da pupila; dificuldade em respiração; fechando da seu garganta; inchando dos seus lábios, língua, ou rosto sonolência extrema, inconsciência, confiscação e ataque cardíaco suave. Ainda que nota os efeitos que não estão alistados aqui, não hesita contatar seu médico ou farmacêutico.

Notas:
Não permite qualquer um mais toma seu medicamento. Peça seu farmacêutico qualquer perguntas que você tem sobre encher novamente seu receita.

Dosagem faltado:
Você deve tomar a dose faltado logo que se lembra. No entanto, se for quase tempo para a próxima dose, pula a dose perdida e continua seu regular dosa horário. Não tome uma dose dupla para compensar por um faltado.

O armazenamento:
Armazená sempre cápsulas de Tamiflu (oseltamivir) à temperatura ambiente longe de umidade e do calor. Armazená a suspensão na Tamiflu e Relenza não são eficazes em crianças com gripe, diz estudo

Tamiflu e Relenza não são eficazes em crianças com gripe, diz estudo

MUNDO-GRIPE-SINAISDEALERTA

Seg, 10 Ago, 09h51

Londres, 10 ago (EFE).- Os remédios antivirais Tamiflu e Relenza não são eficazes no tratamento de crianças que contraíram o vírus da nova gripe, segundo uma pesquisa de médicos britânicos publicada hoje pelo “British Medical Journal”.

O relatório indica que os efeitos colaterais causados por estes remédios – principalmente vômitos e diarréia – são maiores que o potencial benefício para o paciente, e pede ao Ministério da Saúde britânico reconsidere sua estratégia diante da pandemia da nova gripe.

“Nossa pesquisa está constatando que, para a maioria das crianças, estes remédios antivirais provavelmente não terão muito efeito”, disse o doutor Matthew Thompson, diretor do estudo, realizado pela Universidade de Oxford.

A pesquisa também indica que estes tratamentos servem pouco para tratar com sucesso a gripe comum em crianças, mas reconhece que o uso preventivo generalizado destes antivirais serviu para reduzir em 8% a transmissão da nova gripe.

No caso das crianças de entre 1 e 12 anos, os autores do estudo consideram que seria recomendável contraindicar o uso de Tamiflu e Relenza até que comece a administração da vacina, que deve estar disponível a partir de setembro.

Os vômitos, a diarréia e a eventual desidratação provocados por estes antivirais são um transtorno maior que o benefício que representa diminuir em um dia, ou em um dia e meio, o tempo de recuperação da criança com as variantes da gripe.

Além disso, disseram os especialistas, seu efeito não é significativo ao tratar ataques de asma, infecções no ouvido ou evitar que se passe para a fase médica seguinte de receitar antibióticos.

O doutor Carl Henegan, médico particular e especialista do John Radcliffe Hospital de Oxford, considerou que estas conclusões indicam que a política atual de usar os antivirais para infecções menores é “uma estratégia inadequada”.

“Os transtornos superam o benefício representado por diminuir em um dia os sintomas”, disse Henegan.

O Tamiflu foi receitado de maneira generalizada pelas autoridades às pessoas que apresentavam os sintomas da nova gripe, em grande parte dos casos após um diagnóstico realizado com apenas uma consulta telefônica ou pela internet.

Este estudo vem à tona pouco depois de um relatório oficial das autoridades de saúde britânicas indicar que 53% das crianças de três escolas londrinas que foram tratadas com Tamiflu como medida preventiva frente à nova gripe sofreram um ou mais efeitos colaterais, principalmente náuseas e pesadelos.

O estudo, elaborado pela Agência de Proteção da Saúde (HPA, em inglês) do Reino Unido, analisou os dados correspondentes a 103 crianças, a 85 das quais foi fornecido o medicamento como profilaxia, depois que um colega contraiu a nova gripe.

Destas 85 crianças, 45 tiveram um ou vários efeitos colaterais, sendo as náuseas o mais comum, seguidas de dores no estômago, vômitos, cãibras e problemas do sono.

Crianças transmitem o vírus por mais tempo

O risco de transmissão do vírus A (H1N1), o causador da gripe suína, é maior entre crianças e adolescentes. Segundo o infectologista Davi Uip, diretor do Hospital Emílio Ribas, nessas faixas etárias, o contágio pode acontecer por até 15 dias.

* Gripe faz SP adiar o retorno das férias escolares:
http://www.agora.uol.com.br/saopaulo/ult10103u601813.shtml

* Prefeituras de São Paulo também adiam retorno:
http://www.agora.uol.com.br/saopaulo/ult10103u601814.shtml

* Vizinha morre após ter contato com bebê doente:
http://www.agora.uol.com.br/saopaulo/ult10103u601815.shtml

* Mais sete mortes são confirmadas em SP; Nordeste registra 1ª morte:
http://www.agora.uol.com.br/saopaulo/ult10103u601818.shtml

“Por isso, a determinação de volta às aulas apenas em 17 de agosto”, afirma Uip. “Nos adultos, o período médio é de uma semana”, completa o infectologista. Para o especialista, qualquer ação tomada para evitar a disseminação do vírus é válida. “Esperamos que o efeito seja positivo nos números do Estado.”

O infectologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz Stefan Cunha Ujvari afirma que a decisão do governo do Estado de recomendar o adiamento da volta às aulas é de bom senso, já que a torcida é para que, nesse período, as temperaturas aumentem e haja uma estabilização no número de infectados pelo vírus. “Seria mais complicado fechar salas de aula e, posteriormente, escolas depois de começadas as aulas”, diz Ujvari.

Fonte:

http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultnot/2009/07/30/ult4477u1899.jhtm

http://br.noticias.yahoo.com/s/10082009/40/entretenimento-tamiflu-relenza-nao-sao-eficazes.html

Tire dúvidas sobre a gripe suína e saiba quando procurar o médico:
http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultnot/2009/07/17/ult7405u102.jhtm

Infográfico descreve sintomas e formas de contágio do H1N1:
http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultnot/2009/04/29/ult4476u41.jhtm

Organização Pan-americana de Saúde (em espanhol)
http://new.paho.org/hq/index.php?lang=es

Organização Mundial da Saúde (em inglês)
http://www.who.int/csr/disease/swineflu/en/index.html

Você lava as mãos corretamente? Descubra:
http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultnot/2009/05/05/ult4477u1595.jhtm

Influenza A subtipo H1N1 também conhecido como A(H1N1), é um subtipo de Influenzavirus A e a causa mais comum da influenza (gripe) em humanos. A letra H refere-se à proteína hemaglutinina e a letra N à proteína neuraminidase. Este subtipo deu origem, por mutação, a várias estirpes, incluindo a da gripe espanhola (atualmente extinta), estirpes moderadas de gripe humana, estirpes endémicas de gripe suína e várias estirpes encontradas em aves

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: